“Povo sabe quando os adversários mentem”, diz Amastha sobre direitos de resposta

amas

Ao comentar os direitos de resposta e suspensão de inserções de outros candidatos obtidos pela coligação “Palmas Bem Cuidada” por determinação da Justiça Eleitoral, o prefeito de Palmas e candidato à reeleição, Carlos Amastha (PSB), disse lamentar o “jeito de fazer política dos adversários”. “É um absurdo como esse pessoal ainda não aprendeu. O povo não é bobo, gente. Não adianta mentir. Primeiro, a população sabe quando é mentira. E a Justiça está aí para estabelecer a verdade”, declarou.

Até o final da manhã desta segunda-feira, 5, a coligação de Amastha já havia obtido, por determinação da Justiça, mais de 100 inserções com direito de resposta por informações falsas e qualificadas como degradante dos candidatos Raul Filho (PR) e Cláudia Lelis (PV) contra o prefeito Amastha e sua administração.

O prefeito fez questão de pedir à população que seja ainda mais crítica ao receber informação durante a campanha. “Uma coisa é certa: não adianta pedir para que eles falem a verdade, mas quero pedir à população que seja cada vez mais crítica. Quando ouvir algo sobre nossa gestão pense bem, avalie e seja crítico ao ponderar: ‘será que isso é verdade?’.” 

Para o prefeito e candidato à reeleição na capital tocantinense, com os últimos acontecimentos na política nacional, a população ficou mais atenta e saberá distinguir a postura dos políticos. “Isso tudo que vimos em Brasília, o país passado a limpo com essas descobertas da Lava Jato e até a conclusão do impeachment da presidente Dilma [Rousseff], deixou a população mais crítica”, disse Amastha, lembrando que a população sabe “separar o joio do trigo”. “O povo sabe quem são aqueles que mentem porque não têm o que mostrar de bom. E também o que fez nossa gestão, com obras, investimentos e benefícios por toda a cidade”, finalizou. Com informações assessoria.

Etiquetas
Comentários
avatar
  Subscribe  
Notify of
Botão Voltar ao topo