Convenção Assembleiana do Paraná repudia o modelo de igreja em células

O avanço do modelo celular em muitas igrejas evangélicas tradicionais tem causado preocupação principalmente em vários arraiais da denominação Assembleia de Deus, conhecida pelos seus traços mais conservadores em muitos aspectos litúrgicos e organizacionais.

Um dos constantes embates que muito pastores mais antigos da Assembleia de Deus enfrentam trata-se da forma de praticar a evangelizaçao usando métodos criados fora das porteiras assembleianas, como por exemplo, o Método Celular ou mais conhecido como igrejas em células.

O método celular é a base de crescimento das igrejas neopetencostais no país, diferentemente do método assembleianos que ainda continua, em sua maioria, utilizando os métodos mais tradicionais (cultos nos lares, cruzadas, evangelismo nas ruas, etc).

Algumas convenções deixam o embate correr solto, porém algumas tratam de se posicionar sobre o assunto. É  exemplo da Convenção da Assembleia de Deus no Paraná, liderada pelo pastor Percy Fontoura.

Abaixo segue uma Nota de Esclarecimento emitida no último dia 08 sobre o tema. Nesta, a direção da igreja repudia a aceitação do modelo celular nas igreja pertencentes à convenção por não ver nesta base bíblica.

Leia abaixo: