Ossos humanos são encontrados na Serra do Carmo com marcas de tiro na cabeça

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Corpo de Bombeiros e a Polícia Civil fizeram a retirada de duas ossadas encontradas na Serra do Carmo, na zona rural de Palmas, na manhã desta sexta-feira (30). Os restos mortais foram localizados na tarde desta quinta-feira (29) com marcas de tiros na cabeça, durante buscas feitas pelos policiais, próximo de um mirante.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Segundo os Bombeiros, os ossos são de um casal de adolescentes, ambos apresentavam perfurações na região da nuca. A polícia suspeita que os corpos sejam de dois jovens que estão desaparecidos e teriam envolvimento com tráfico de drogas.

A retirada foi feita com ajuda dos bombeiros porque os restos mortais estavam em um local de difícil acesso. Os militares tiveram que usar técnicas de rapel. Ao todo, 11 bombeiros participaram da operação.

Juntos aos ossos foram encontrados pertences semelhantes aos das vítimas desaparecidas, mas apenas exames poderão identificar os jovens. As ossadas foram recolhidas pelo IML de Palmas.

A operação Caça Corpos foi coordenada pela delegada Maria Ribeiro de Sousa Neta. “Várias delegacias da capital investigam casos de pessoas desaparecidas. No entanto, após a localização de algumas partes de corpos humanos naquela região, nós planejamos essa operação e tivemos esse resultado de dois corpos localizados”, declarou.
Conforme a Secretaria de Segurança Pública, as mortes serão investigadas pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), devido os crânios estarem com perfurações que indicam ser de arma de fogo.

Mais de vinte pessoas participaram das investigações e operação de resgate dos corpos. A Polícia Militar também deu apoio na operação. Com informações g1/tocantins.