Aplicativo Uber começa a funcionar em Palmas nesta sexta-feira dia 31; confira

O aplicativo Uber começa a funcionar em Palmas a partir das 14h desta sexta-feira (31). A informação foi confirmada pela gerência do serviço no Brasil. O serviço de transporte é oferecido por meio de um aplicativo para smartphone que conecta o passageiro diretamente ao motorista. Além disso, qualquer pessoa que cumpra os requisitos básicos pode se inscrever e começar a dirigir para a Uber.
Atualmente, o aplicativo opera em mais de 45 cidades do país. O serviço tem gerado um movimento de taxistas em várias cidades do mundo. No Brasil, houve manifestações em capitais como São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília para que o aplicativo seja proibido.
O argumento dos que são contra o app é de que se trata de prática ilegal do serviço de táxi. A empresa, por sua vez, diz oferecer uma forma diferente de transporte, que ajuda a diminuir o trânsito e gerar renda para as pessoas. O serviço chegou a ser proibido em algumas cidades, mas se mantém em funcionamento após decisão do Superior Tribunal de Justiça.

 

Taxistas e mototaxistas fazem protesto contra aplicativo Uber no Centro de Rio Preto
O motorista do Uber não precisa ter licença da prefeitura para atuar. O motorista se cadastra no aplicativo e encaminha ao Uber alguns documentos, como CNH e certidão de antecedentes criminais. Por isso, não é necessária permissão da prefeitura para trabalhar.

Tarifação

A tarifação em Palmas, conforme a empresa, terá um preço base de R$ 2. Além disso, o usuário paga mais R$ 1,25 por quilômetro rodado e mais R$ 0,15 por minuto. Uma vantagem é a possibilidade de consultar o preço da viagem antes chamar o motorista. Confira a composição da tarifa.
No caso de cancelamento de uma corrida, o usuário paga o valor base, R$ 5 da taxa de cancelamento e mais R$ 0,75. Inicialmente, o pagamento será feito apenas com cartão, mas o pagamento em dinheiro deve ser liberado nos próximos dias, disse a Uber.

 

Serviço

Além de servir para solicitar a corrida, o aplicativo também tem ferramentas de avaliação dos motoristas e passageiros. Ao solicitar a corrida, o usuário tem acesso a foto, nome do motorista e informações sobre o veículo. Ao longo do trajeto é possível compartilhar a localização e o tempo de chegada em tempo. Depois de cada viagem, há a possibilidade de avaliação mútua.
Os motoristas precisam ter média de 4,6, em uma escala de 5 estrelas, para continuar na plataforma. O usuário também pode ser desconectado da plataforma se tiver uma média baixa de avaliações ou conduta que viole os termos de uso. Após cada viagem, os usuários recebem um recibo com os detalhes do preço e o mapa do trajeto realizado. Além disso, a Uber oferece suporte para os usuários relatarem incidentes.

 

Como ser motorista

Para se cadastrar como motorista é preciso ter carteira de motorista com licença para exercer atividade remunerada. Além disso, os candidatos passam por checagem de antecedentes criminais. Os carros precisam ser cadastrados com a apresentação de Certidão de Registro e Licenciamento do Veículo, Bilhete de DPVAT do ano corrente. Os veículos precisam ser de modelo com ano 2008 ou mais novo, ter quatro portas, ar-condicionado e cinco lugares. Com informações g1/tocantins.