Vídeo mostra momento em que sargento da PM é morto por criminosos; assista

Uma câmera de segurança registrou o momento em que o sargento Jandres Alves Bezerra, de 43 anos, trocou tiros com criminosos dentro de uma loja em Araguaína, norte do Tocantins. O policial morreu no local, na tarde desta sexta-feira (12), e outras duas pessoas ficaram feridas. Os suspeitos conseguiram fugir, mas momentos depois um deles foi localizado e morto em confronto com a Polícia Militar.

Assista:

 
As imagens mostram o sargento na fila esperando atendimento no correspondente bancário. Momentos depois, um suspeito entra com camisa e boné branco, vai até o fundo da loja e anuncia o assalto. No vídeo é possível ver Bezerra reagindo e trocando tiros com o primeiro suspeito.

 
Algumas pessoas que estavam no local correm para fora da loja e um segundo suspeito aparece no vídeo atirando em direção ao policial. Visivelmente ferido, o sargento sai da loja e os suspeitos correm atrás.

 
Após a morte do policial, durante buscas, a PM localizou um dos suspeitos no setor JK. Ainda de acordo com a corporação, houve uma nova troca de tiros e o suspeito morreu. O homem foi identificado como Paulo Josias de Moura, que já tinha passagem pela polícia e estava baleado na perna.

 
“As equipes da Polícia Militar foram acionadas pelo Corpo de Bombeiros e ao chegar no local havia duas mulheres que disseram que tinha alguém baleado dentro da casa. Quando os policiais foram fazer a abordagem o indivíduo fez disparos contra os policiais. Novamente houve troca de tiros e ele morreu no local”, disse o tenente da PM Israel Batista.
A polícia disse ainda que segue as buscas pelo segundo suspeito. Outras duas pessoas baleadas foram levadas para o Hospital Regional de Araguaína. As identidades não foram divulgadas.

 
O sargento Jandres Alves trabalhava na PM desde 1994 e deixou quatro filhos e três netos. O velório ocorrerá na sede da Companhia Independente de Polícia Militar Rodoviária e Ambiental (Cipra), em Araguaína, após as 22h desta sexta-feira (12). Com informações g1.

 

Luto na PM

Lotado no 2º Batalhão da Companhia Independente de Polícia Militar Ambiental (CIPAMA), Jandres ingressou na carreira militar em 1994. Ele deixa esposa e quatro filhos.

Em nota, o comandante-geral da PM no Tocantins, Glauber Oliveira Santos, lamentou a morte do sargento. “Lotado no Batalhão Ambiental desde 2013, seus amigos policiais militares o reconheciam como um exemplo de pai e avô, zeloso com a família, sempre disposto a ajudar e dividir o esforço com os companheiros seja qual fosse a necessidade”, destacou o coronel.

“Profissionalmente, era dedicado ao máximo no cumprimento da sua missão sempre com muito esmero em todo ato de serviço”, completou Santos.