Share on Pinterest

Da Redação

Tempos atrás, a página da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Pernambuco  publicou no Facebook uma imagem do apresentador da Rede Globo Luciano Huck fazendo as mesmas oferendas à Iemanjá, ligada ao Candomblé.

Na postagem o autor declarou: “Esse é o tipo de ídolo que invade as tardes de sábado de muitos lares… inclusive alguns que se dizem evangélicos… Luciano Hulk prestando culto a Iemanjá… Uma imagem fala por si próprio!!!”

Diante da repercursão da publicação, centenas de compartilhamos e comentários, os autores da página fizeram questão de esclarecer:

“Colocamos essa imagem, não para denegrir a imagem de ninguém, mas para fazer um alerta para as famílias brasileiras evangélicas”.

Uma das armas mais poderosas do diabo é a “enganação”, e ele usa ela de uma forma muito especial, a enganação e a “sutileza” são armas poderosas nas mãos do nosso inimigo. Quando você menos imagina já está laçado pelo diabo.

VEJA NA INTEGRA A MATÉRIA DE HOJE DO JORNAL OGLOBO

SÃO PAULO — Em meio às especulações se disputará ou não a Presidência, o apresentador Luciano Huck tem procurado não fechar as portas dos partidos que pretendem dar a ele a chancela de candidato à sucessão de Michel Temer. Depois de uma conversa com o líder tucano Fernando Henrique Cardoso esta semana, ao mesmo tempo em que vem se encontrando com representantes do DEM, Huck deixou para depois do Carnaval uma nova rodada de negociação com o PPS.

O partido tem declarado interesse no nome do apresentador para a disputa. Nos últimos meses, tem estreitado relações inclusive com o Movimento Agora, do qual Huck faz parte e com quem o partido assinou uma carta-compromisso para um trabalho conjunto no cenário eleitoral. Seria essa, inclusive, uma forma de criar, eventualmente, uma base de sustentação de Huck no Congresso.

— As negociações estão mais do que abertas. Falamos por telefone quando ele estava em Paris (semana passada) e ficamos de falar novamente logo depois do Carnaval — disse neste sábado ao GLOBO o presidente nacional do PPS, Roberto Freire.

Freire, no entanto, procurou deixar claro que, até o momento, não há qualquer certeza sobre os rumos do apresentador, ao menos no ambiente eleitoral.

— Essa decisão (de ser candidato à Presidência) é muito solitária, mas deixamos claro que ele teria aqui no partido protagonismo no processo decisório das eleições — diz o presidente do partido, para quem tal situação difere das condições em ninho tucano, onde o governador Geraldo Alckmin tem se mostrado insatisfeito com o “namoro” do partido com o apresentador.

—O Huck tem percebido o quanto o PSDB enfrenta esse problema de falta de unidade em pró de uma candidatura.

Huck e Freire devem se reunir nos dias seguintes ao Carnaval, caso o apresentador mantenha a intenção de concorrer. A ideia do encontro seria, por parte do PPS, traçar uma estratégia para tentar lançar o nome do apresentador o quanto antes.

Procurado, Huck não respondeu aos recados deixados em sua caixa postal. Com informações oglobo.

Share on Pinterest
Comentários