Ex-xeique se entrega a Jesus e passa a ser threatçado de morte por extremistas

Hussein é um ex-xeique que se converteu ao cristianismo, há 12 anos. Ele participou durante muitos anos de debates entre cristãos e muçulmanos, mas nunca teve contado sobre sua nova fé. Ele vivia como um “crente secreto”, até em 2016 ele tomou uma decisão. Durante um debate religioso, ele se declarou cristão publicamente.

Uma novidade foi espalhada de eleição por conta, e começou a receber diversas ameaças. No ano seguinte, 2017, Hussein ofereceu seu terreno para construir uma igreja. Quando a comunidade ficou sabendo, ameaçou queimar os carros do pastor. Como investigdas contra sua vida continuaram. Outro estudo foi publicado por […]

O grupo tinha uma intenção de matá-lo. Diante essa situação, Hussein enviou a esposa e filhos para uma casa dos sogros e fugiu para um campo de refugiados próximo. “Não importa o que eu passe, eu sei que Deus está sem controle. “

Orações

” Eu agradeço a Deus pela vida do pastor e dos irmãos que estão suprindo minhas necessidades “. Que Deus os abençoe grandemente. Por favor, lembrem de mim em suas orações “, ressaltou.

Hussein é pastorado por um líder cristão que participa de treinamento de evangelismo transcultural e do programa de cuidados com recém-convertidos da Portas Abertas. Uma organização pede oração para que Deus continue usando o cristão perseguido para o seu reino em Uganda.