Missionários levam igreja até cristãos perseguidos utilizando caminhão, não Paquistão

Uma realidade no Paquistão são os “cristãos sem igreja”. São crianças que nasceram em uma família cristã, mas não são uma experiência do novo nascimento. No entanto, eles enfrentam perseguição por justamente ser cristãos.

Mas, finalmente, um projeto de melhoria como circunstâncias que os irmãos vivem em regiões distantes. Através de uma organização associada, ALIVE (Vivo, em português), um Portas Abertas vai de uma vida melhor para esses cristãos.

Através de vários projetos que são executados em 2018, eles pretendem dar um maior apoio. “Este ano, envia-se a objetos como chamados de” Igreja Sobre Rodas “, onde se dirigem as armas com música cristã, sobre a Bíblia e sobre Jesus”, compartilhado pelos líderes da ALIVE.

“Também existe a distribuição de Literatura para aqueles que podem ler. Encontraremos pessoas onde quer que estejam. Ensinaremos os alicerces do cristianismo, vamos falar sobre Jesus e mostraremos seu amor “, ressalta.

Fazendo a diferença

Com orações e ajuda financeira da Igreja em todo o mundo, o projeto para escolas para crianças e uma ópera de boa qualidade à comunidade cristã. Outro projeto é o início de um movimento para a Bíblia.

Muitos ajudantes da ALIVE ensinam os cristãos o que a Bíblia. A importância disso é imensa, como cristãos enfrentam perseguição diária e também doutrina muçulmana na televisão, rádio e internet.

Os cristãos perseguidos “não alcançados” apreciam o apoio. “Esperamos que dentro de um ou muitos irmãos a explicar o que é uma salvação e saberem que eles não são esquecidos pelo corpo de Cristo em todo o mundo”, finaliza a Portas Abertas.

Fonte: Guia-me