Cleiton Cardoso deixa deixa PSL de Jair Bolsonaro

Agora no PSL, Cleiton deve lutar para ter seu segundo mandato na casa de leis. Foto: Reprodução

O deputado Cleiton Cardoso, deixou o PSL, partido do pré-candidato a presidência Jair Bolsonaro e se filiou do PTC. A ficha foi abonada pelo secretário-geral, Kairo Bernardo.

O Gospel Geral publicou em janeiro deste ano uma análise  de quem poderia se beneficiar com a ida de Jair Bolsonaro ao PSL, que seriam os vereadores de Palmas, Gerson da Mil Coisa e Vanda Monteiro, que provavelmente se candidatariam ao cargo de Deputado Estadual pelo PSL. Isso por que o partido pretende alcançar pelo menos duas cadeiras na Assembleia Legislativa, já que até então era representado pelo deputado estadual Cleiton Cardoso (PSL), ex-vereador de Palmas -TO.

Com a mudança de Cleiton Cardoso ao apagar das luzes do prazo para mudança de partidos, a situação fica ainda mais favorável aos dois vereadores de Palmas.

Agora no PSL, Cleiton deve lutar para ter seu segundo mandato na casa de leis. Sua ascensão na política tocantinense, primeiro como vereador por Palmas e depois como deputado estadual, sempre atuante na defesa dos produtores rurais do estado, o credencia para o próximo pleito que promete ser bastante concorrido.

Bolsonaro no PSL