Katia Abreu se diz “segura e confiante” após parecer contrário do MPE sobre sua candidatura

“Estou cada vez mais segura e confiante”, disse Kátia Abreu

A senadora Kátia Abreu se manifestou em nota sobre o fato de o registro de sua candidatura ter sido negada por um Parecer do Ministério Público Eleitoral expedido nesta quinta-feira, 24 de maio, o qual aponta dupla inelegibilidade da senadora-candidata a governadora na eleição suplementar do Tocantins, Kátia Abreu, e pede que o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) negue o registro da candidatura, deixando a congressista fora da eleição complementar do próximo dia 3 de junho. O documento é assinado pelo vice-procurador-geral Eleitoral, Humberto Jacques de Medeiros.

Kátia na nota se diz confiante que o TSE manterá seu registro, conforme assim já fez o TRE TO.

Confira a nota na íntegra:

O registro da candidatura da senadora Kátia Abreu ao governo foi aprovado por unanimidade pelo Tribupelo Tribunal Regional do Tocantins. Este é um fato. Por essa razão, a candidata Kátia Abreu recebeu com surpresa, mas com serenidade, o parecer do Ministério Público Eleitoral que opinou contra seu registro de candidatura.

O parecer, infelizmente, deixou de examinar os aspectos específicos que diferenciam o caso concreto da Senadora Kátia Abreu dos demais pedidos de registro de candidatura, em especial os fatos de que a candidata não se desfiliou voluntariamente de seu partido anterior, de que sua filiação ao PDT ocorreu no curso da janela partidária e em compasso com as regras em vigor.

A Senadora Kátia Abreu reitera a convicção de que a candidatura, já aprovada, será mantida pelo TSE, a exemplo do que aconteceu no Tribunal Regional do Tocantins e seguirá normalmente a agenda da campanha.

“Estou cada vez mais segura e confiante”, disse Kátia Abreu hoje de manhã.