Juiz contraria decisão do STF e anula casamento gay

Um juiz de Goiás contrariou uma decisão do STF em realizar o casamento entre duas pessoas do mesmo sexo, segundo o juiz ele se baseou na lei para não realizar o casamentos gay na própria lei.

Redação

Um juiz de Goiás contrariou uma decisão do STF em realizar o casamento entre duas pessoas do mesmo sexo, segundo o juiz ele se baseou na lei para não realizar os casamentos gay.

Mineiro de Uberaba, pai de dois filhos, e vice presidente dos magistrado brasileiro, Jeronymo Pedro Villas Boas é juiz há 20 anos.

O juiz agurenta que se ateve o conceito de família na constituição brasileira, declara no artigo 16 que constitui família o núcleo, formado entre homem é mulher. Ele ainda afirma que família e aquela que é capaz de gerar filhos, dois homens ou duas mulheres, não consegue gerar filhos.

Para o juiz o casamento entre duas pessoas do mesmo sexo, contraria esse conceito constitucional, na opinião dele, casais gays não teriam como constituir famílias nem estado. Ele ainda diz “Se nós fazemos um experimento, e levamos para uma ilha dez homemsexuais ali eles fundarem um Estado com a bandeira Gay, e tentaram se perpetua como Estado, eu acredito que esse Estado não conseguiria sobreviver por mais de uma geração”.

O juiz deixou muitos gays revoltados, ao ponto de muitos deles entrar na justiça e pedir para que ele perca o cargo de juiz, entretanto o STF aprova o casamento entre duas pessoas, mas para o juiz a constituição está acima do STF.

Veja o vídeo:

 

 

Etiquetas
Comentários
avatar
  Subscribe  
Notify of