Cristão recebe 36 chibatadas na Indonésia por venda de álcool

Um cristão recebeu nesta sexta-feira (19) em Aceh, única província indonésia a aplicar a lei islâmica, 36 chibatadas em público por ter vendido bebida alcoólica.

Jono Simbolon é a terceira pessoa não muçulmana a receber chibatadas desde 2001, quando a lei islâmica começou a ser aplicada nesta região do extremo-norte da ilha de Sumatra. Naquele ano, Aceh obteve certa autonomia do governo central de Jacarta para encerrar várias décadas de rebelião separatista.

Sentença

A sentença foi executada em uma tribuna, onde o condenado recebeu uma primeira rodada de dez golpes nas costas entre os aplausos do público.

A série foi interrompida para que o homem fosse examinado por um médico, que o considerou apto a receber mais 26 chibatadas.

Simbolon foi preso em outubro e condenado pela venda de álcool, que a sharia proíbe.

Aceh tem cerca de 5 milhões de pessoas, das quais 98% são muçulmanas. Os não-muçulmanos presos por violar a lei islâmica podem escolher entre chibatas ou um processo judicial.