Filipe Martins cobra agilidade no andamento do projeto que proíbe banheiro unissex em Palmas

Os conselheiros da região dizem que a denúncia foi feita com o objetivo de proteger as crianças.

O vereador Filipe Martins (PSC) repercutiu na tribuna da Câmara de Palmas o caso de uma escola no Distrito Federal que resolveu adotar banheiros únicos, sem a distinção de gênero, para crianças de 4 a 8 anos.

Os relatos das crianças aos pais, sobre ver os colegas nus, fez com que o caso fosse parar no Conselho Tutelar e Ministério Público do DF.

Os conselheiros da região dizem que a denúncia foi feita com o objetivo de proteger as crianças. “Vimos um risco iminente. Pelos casos que atendemos, vemos alto risco de abusos sexuais”, disse o conselheiro Manoel Magalhães.

Em Palmas, o vereador Filipe Martins (PSC) quer evitar que a mesma iniciativa seja proposta. Ele é autor do Projeto de Lei Nº 380/2017 que proíbe a instalação de banheiro unissex em escolas e instituições do município, e pede agilidade na aprovação do PL.

“Queremos preservar a intimidade das nossas crianças, e de toda sociedade. Nós temos um projeto de lei que tramita na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e peço um parecer favorável”, declarou.

Assessoria de Comunicação

Etiquetas
Comentários
avatar
  Subscribe  
Notify of
Botão Voltar ao topo