FATALIDADE: Acidente grave de carro mata pastor e família na BR-153

O Pastor, Jocelio Coutinho, de 39 anos, a mulher dele e filha dela, Gislene Severo da Silva Coutinho, de 33 anos, Ana Beatriz, de 4 meses de vida.

De acordo com parentes, eles saíram de Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital, para passar o Natal com familiares em uma fazenda da cidade em que a batida aconteceu.

“Eles iam passar o Natal na fazenda da irmã deles, filha do meu ex-marido. Eles estavam todos muito felizes, iam levar as bebês para que ela conhecessem os bebês”.

O Pastor, Jocelio Coutinho, de 39 anos, a mulher dele e filha dela, Gislene Severo da Silva Coutinho, de 33 anos, que trabalhava na administração de uma empresa e licença-maternidade por causa do nascimento da filha, Ana Beatriz, de 4 meses de vida. No carro também estava o outro filho do casal, Davi Lucas, de 5 anos, e Mariana Caroline da Silva, sobrinha de Gislene.

“O Jocélio estava dirigindo e no banco da frente estava a Mariana. O pai dela estava no Pará e ia encontrar depois com eles em Poragatu. A Gislene estava atrás com os filhos”, relatou Marli.

Ana Beatriz foi arremessada do Siena, mas morreu no Hospital Municipal de Porangatu. “Segundo as vítimas que sobreviveram, um dos bebês foi arremessado do Siena, que estava carbonizado. Quando chegamos, esse bebê já estava no colo de um deles”, explicou.

Causa do acidente
Inspetor da Polícia Rodoviária Federal, Newton Morais disse, ao que tudo indica, um caminhoneiro, que seguia no sentido de Anápolis ao Tocantins, causou o acidente.

“O caminhão encostou num dos veículos de pequeno porte, que encostou no outro. Os dois carros rodaram e foram atingidos pela carreta que seguia do Tocantins para Anápolis. Esse caminhão bateu nos dois carros e em outro caminhão”, detalhou o investigador.

De acordo com o inspetor da PRF, os três caminhoneiros passaram pelo teste do bafômetro, que apontou que eles não estavam alcoolizados. Foram levadas para perícia peças do caminhão que teria causado a batida.

Etiquetas
Comentários
avatar
  Subscribe  
Notify of
Botão Voltar ao topo