GMP auxilia no resgate de animal vítima de maus tratos localizado próximo a Praia dos Buritis

Redação Sesmu

A Inspetoria de Fiscalização Ambiental da Guarda Metropolitana de Palmas (GMP) foi acionada na tarde deste domingo, 16, por moradores da região Sul da Capital para ajudar em um resgate a um cavalo vítima de maus tratos. A ação foi registrada em uma estrada de chão próximo a Praia dos Buritis.

O animal foi encontrado em situação de abandono, e, segundo relatos dos moradores que fizeram a denúncia à equipe da GMP, o cavalo estava deitado no chão amarrado pelas patas e pescoço em uma cerca no sol quente, e com a ajuda de outros moradores da localidade desataram os nós que causaram ferimentos nas patas do animal.

Para o chefe de Fiscalização Ambiental da GMP, Inspetor Carlos Lima, “em casos de maus tratos ou quando o animal estiver debilitado ou for abandonado, sempre trabalhamos em parceria com ONGs protetoras de animais. Que é quem fica como fiel depositário e providenciam o transporte e os demais cuidados necessários’’.

Após o resgate, o cavalo foi examinado, medicado e uma Organização Nacional Governamental (ONG) protetora de animais ficou responsável por providenciar o transporte do animal até uma chácara.

Punição

Segundo o artigo 32 da Lei Federal nº 9.605/98, a pena para quem praticar ato de abuso maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos é de detenção, de três meses a um ano mais multa. Caso ocorra a morte do animal a pena é aumentada de um sexto a um terço.

Edição e postagem: Lorena Karlla

Comentários
avatar
  Subscribe  
Notify of
Botão Voltar ao topo