Novo marido de cantora gospel coloca esposa pra trabalhar no campo e filma tudo

Foto Ilustrativa

O empresário do ramo das bananas, Renato Huber,novo marido de Célia Sakamoto,publicou em sua conta do instagram um vídeo onde a cantora aparece trabalhando duro no campo.A irmã de Vanilda Bordiere, está pegando pesado no aparo de um enorme gramado,correndo com a máquina de um lado para o outro,tendo todo o processo registrado pelo marido.Célia Sakamoto foi viver com o esposo na fazenda dele na zona rural de Itaí,interior de São Paulo.

A cantora que já foi prefeita da mesma cidade em 2013, mas sofreu impeachment,parece estar gostando da nova vida no campo.Ela divulgou uma foto em que agradeceu ao marido ,que muitos alegam não ser nem evangélico,pela nova vida no campo,em que acorda com os passarinhos e diz estar mais “leve”.

A cantora nos comentários do vídeo, corrigiu um internauta que insistiu chamá-la de Célia Sakamoto,e disse a ele que agora seu nome artístico é Célia Bueno.Acontece que a cantora está tendo dificuldades de implantar o novo nome,pois consolidou sua carreira no gospel usando o sobrenome do primeiro marido,o pastor Takao Sakamoto.vindo a se separar no ano passado,e tendo casado apenas um mês depois,a cantora resolveu acrescentar o sobrenome do seu novo marido Renato Huber em seu perfil do instagram.Pois a decisão causou muito burburinho entre os internautas que acharam engraçado a cantora ostentar um perfil com nome de dois esposos.

A situação ficou tão constrangedora que ela resolveu divulgar um nome nome artístico:Célia Bueno,que é seu nome paternal.Ela tem feito campanha entre amigos nas redes sociais para viralizar o novo nome,mas está difícil,até porque Sakamoto é um nome bem mais forte que Bueno.

Não olhando para dificuldade,Célia já esta projetando um novo cd a ser já lançado com novo nome artístico e ,tem mostrado as produções em suas redes sociais.Ao que tudo indica,o nome do novo trabalho será “Deus é teu juiz” e Célia aguarda ansiosa para perceber qual foi a repercussão de sua agitada vida pessoal em seu ministério,através do novo projeto.