Caio Fábio diz que Ministra Damares Alves “mente deslavadamente” em vídeo

O Reverendo Caio Fabio tem a cada dia se mostrado posicionado ideologicamente tendencioso a esquerda.Isto é fato. Basta observar suas publicações quase sempre recorrentes sobre politica e quase todas atacam qualquer fagulha que tenha a ver com o novo governo de Jair Bolsonaro. Porém dessa vez,ele foi mais longe,quando afirmou que a Ministra dos Direitos Humanos,Cidadania e Mulher “mente deslavadamente”.

Caio Fábio publicou um trecho de um vídeo onde a Ministra que também é pastora,falava em uma palestra sobre um teoria criada a partir de um grupo na Holanda.Tal teoria dizia que os bebês deveriam começar a ser masturbados a partir dos 7 meses de vida para que viessem a tornar adultos plenamente satisfeitos em sua vida sexual.

Caio disse afirmou que as declarações que a Ministra usou não existem e que se ela estivesse a discursar na Holanda iria ter que responder judicialmente.Foi quando então,muitos internautas começaram a pedir que Caio parasse de perseguir o governo porque “já estava feio”.E muitos apoiadores trataram de explicar que o vídeo,na verdade,se tratava de uma palestra,e que o trecho em questão esta descontextualizado.E que a pregação era do ano de 2004.

A ministra Damares antes de ser convidada para o Ministério por Jair Bolsonaro assessorava o Ex-Senador Magno Malta em suas campanhas do Brasil contra a Pedofilia,e deu muitas palestras ao redor do Brasil falando sobre os terríveis crimes cometidos com os quais conviveu.

A própria ministra tem em sua história pessoal o drama de ter sido abusada sexualmente ainda quando era pequena.Assim,que assumiu o cargo,ao falar sobre seu drama,e ter testemunhado que viu Jesus num pé de goiabeira,a mídia massacrou sem o menor respeito a história de dor de Damares. Como se o fato dela ser pastora evangélica a desabonasse para exercer o ministério que recebeu Jair Bolsonaro.Desde o anúncio de seu nome,todos os vídeos de suas pregações antigas,ou mesmo declarações tem sido descontextualizados para contrager a ministrar.Estranho é um pastor fazer o mesmo e passar a diante!