IURD enfrenta audiência pública de ex-pastores que foram obrigados a fazer vasectomia

Qualquer pessoa que tenha um facebook pode ver uma conta que tem feito uma convocação para ex-pastores e ex-bispos da Igreja Universal para testemunhar numa audiência pública.A reunião marcada para o dia 26 de fevereiro vai acontecer  na  quadragésima terceira vara do trabalho no Rio.

Os ex-líderes da igreja estariam insatisfeitos com o fato de não poderem ter mais filhos,porque quando ainda estavam em harmonia com a igreja,foram supostamente obrigados a fazer uma cirurgia de vasectomia. A audiência pública pretende reunir o maior número possível de ex-pastores descontes para continuar a ação contra a instituição.

O encontro tem sido promovido pela internet e no menssenger as informações são transmitidas para os que vão comparecer.

Os pastores denunciam a igreja por ter a política de não incentivar o pastores a terem filho e assim,poderiam ser mais dedicados a obra.Além,de,segundo os ex-líderes,o mundo ser um lugar complicado para se criar filhos.Porém,aos pastores que persistiam com a idéia de tê-los,dentro da Universal só eram permitidos 2 filhos no máximo.

Uma esposa de um ex-pastor chegou a se pronunciar e declarou sua infelicidade:“nós não temos filhos porque nos obrigaram a fazer vasectomia e eles obrigam até hoje saiu até uma reportagem falando disso esses dias”,revelou a mulher.

O número de pastores que abadonaram a Igreja Universal subiu muito no ano passado e ele parecem estar se reunindo para reinvicar direitos perdidos com sua devoção à IURD.

Um dos maiores nomes contra Macedo é o ex-Bispo Alfredo que foi demitido da igreja por causa de adultério .Ele se juntou a TVI para contar os segredos da cúpula da Universal em Portugal,onde vive e foi um dos colaboradores do documentário que acusava a IURD de tráfico de crianças.Agora com a possível comptra da emissora por Macedo,Alfredo não terá mais esse gostinho,e sua voz será reduzia a seu canal no Youtube.