Mãe com câncer terminal deixa carta emocionante para filhos

É o caso de Heather McManamy, mulher e mãe de 36 anos que foi diagnosticada com câncer de mama em 2013.

Veja o caso de Heather McManamy, mulher e mãe de 36 anos que foi diagnosticada com câncer de mama em 2013. Ela começou por lançar uma espécie de diário para a filha, com várias cartas para ela ler no futuro, com o objetivo de encorajar outros pais que passam pelo mesmo a deixar as melhores memórias deles para os seus filhos.

Agora, após 2 anos de luta, a doença impôs suas regras e Heather acabou por falecer. Mas antes tinha pedido ao marido para que ele publicasse a sua carta de despedida.

Abaixo publicamos a carta, em tradução livre para o português, e no final, deixamos a original, divulgada no Facebook de Heather.

“Olá a todos,

Estou postando isso em nome do amor da minha vida. Estas são suas palavras. Muito amor para todos”
Jeff McManamy (marido de Heather)

“Então… Eu tenho boas e más notícias. As más é que, aparentemente, eu estou morta. As boas: se você está lendo isto, é porque você definitivamente não está (a não ser que eles tenham Wi-Fi na outra vida). Sim, é uma merda. É uma merda para lá das palavras, mas eu fico tão feliz por ter vivido uma vida cheia de amor, alegria e amigos preciosos. Eu sou uma sortuda por poder dizer honestamente que tenho zero arrependimentos e que gastei cada pedaço de minha energia vivendo a vida ao máximo. Eu amo todos vocês e obrigado por essa vida incrível.

Se a religião te traz conforto, fico feliz que você tenha isso. Porém, respeite o fato de nós não sermos religiosos. Por favor, por favor, por favor, não diga para a Brianna [filha] que eu estou no céu. Na cabeça dela, isso significa que eu escolhi ir para algum outro lugar e deixá-la. Na realidade, eu fiz tudo o que pude para ficar com ela, já que não existem nenhuma lugar, NENHUM, que eu gostasse mais de estar do que com ela e com o Jeff. Por favor, não a confunda ou a deixe pensar por um segundo uma coisa que não é verdade. Porque eu não estou no céu. Eu estou aqui. Mas não mais no corpo estranho que se virou contra mim. Minha energia, meu amor, meu riso, essas incríveis memórias, estão todas aqui com você.

Por favor, não pense em mim com pena ou tristeza. Sorria, sabendo que a gente passou um bom tempo juntos e que foi INCRÍVEL. Eu odeio fazer as pessoas tristes. Mais do que qualquer outra coisa, eu amo fazer as pessoas rir e sorrir, então por favor, em vez de se deter sobre os termos trágicos do final da minha história, ria das memórias e do que a gente fez junto. Por favor, conte histórias pra Brianna, para que ela saiba quanto eu a amo e quão orgulhosa eu sempre estarei dela (e faça com que eu pareça beeem mais cool do que eu sou). Porque não há nada que eu ame mais do que ser mãe dela. Nada. Cada momento com ela foi uma felicidade que eu nem poderia imaginar antes de ela chegar e sacudir nosso mundo.

E não diga que eu perdi para o câncer. Porque o câncer pode ter me tirado quase tudo, mas nunca tirou meu amor ou minha esperança ou minha alegria. Não foi uma “batalha”, foi apenas vida, que é muitas vezes brutalmente aleatória e injusta, e é simplesmente assim que acontece às vezes. Eu não perdi, porra. A forma como eu vivi por anos com câncer é algo que eu considero uma grande vitória. Por favor, não esqueça isso.

Mais importante, eu fui incrivelmente sortuda por ter passado mais de uma década com o amor da minha vida e meu melhor amigo, Jeff. Amor verdadeiro e almas gêmeas existem, sim. Cada dia foi cheio de momentos hilários e de amor com o Jeff a meu lado. Ele é genuinamente o melhor marido do universo. Em meio a toda a porcaria do câncer, ele nunca vacilou, mesmo quando tanta gente gostaria de fugir. Mesmo nos piores dias que você pode imaginar, nós sempre encontramos uma forma de rir juntos. Eu amo o Jeff mais do que a própria vida e realmente acredito que um amor tão especial viverá para sempre. O tempo é a coisa mais preciosa neste mundo e tê-lo compartilhado com Jeff é algo pelo qual eu estou muito grata. Eu te amo, Jeff.

Eu acredito que a grandiosidade da Brianna é o nosso amor trazido à vida, o que é bastante bonito. Simplesmente parte meu coração ter que dizer adeus. Se você sente metade da tristeza que eu sinto, parte meu coração de novo, porque a última coisa que eu quero é te deixar triste. Eu espero que com o tempo, você possa pensar em mim e sorrir, porque, puta merda, a gente teve uma vida de cortar a respiração. Vá no Google e pesquise por Physicist’s Eulogy e saiba que é um fato científico que eu estarei com vocês dois para sempre. Eu sei que se você parar e olhar com esforço suficiente, eu estarei lá (da forma menos assustadora possível). Vocês são meu mundo e eu amei cada segundo que estivemos juntos.

Amigos, eu amo todos vocês e muito obrigada por essa vida tão inspiradora. E muito obrigada a todos meus incríveis médicos e enfermeiras que cuidaram tão bem de mim. Eu não duvido que essa minha equipe me deu tudo o que podia. Do fundo do meu coração, eu desejo a todos os meus amigos longas e saudáveis vidas e espero que vocês possam experienciar a mesma gratidão que eu senti pelo presente que é cada dia. Se vocês forem ao meu funeral, acabem com o stock do bar, que me deixaria orgulhosa. Surpreendam, dancem no bar por mim (porque tem que haver uma festa para dançar em algum momento). Celebrem a beleza da vida com uma festa de arrasar, porque vocês sabem que é isso que eu quero e acredito que, em uma estranha forma, eu arrumarei um jeito de estar lá com vocês (vocês sabem como eu odeio ficar de fora). Estou ansiosa para assombrar cada um de vocês, por isso, isto não é tanto um adeus, mas um “até já”.

Me façam um favor e tirem uns minutos de cada dia para enxergar a frágil aventura que é a vida. Nunca esqueçam: cada dia conta“.

Etiquetas
Comentários
avatar
  Subscribe  
Notify of
Botão Voltar ao topo