Pastores vão a justiça para processar Universal por vasectomia forçada

Uma convocação está sendo feita pelo facebook para reunir uma enorme quantidade de ex-pastores da Igreja Universal no Rio de Janeiro na quadragésima terceira vara do trabalho no centro do Rio de Janeiro.

Um grupo de pastores tem se reunido e conversado pelo menssenger e combinado o encontro que pretende coletar o maior número de pastores descontentes. Uma audiência do ministério público foi marcada para o próximo, contra a Universal . Consta nos autos dos processos, a coerção aos pastores da igreja que teriam sido forçados a fazer a operação de Vasectomia.

Segundo alguns relatos recebidos, a política da igreja era de que o mundo era muito difícil para colocar filhos nele e ainda, sem a preocupação de filhos, os pastores poderiam ser mais dedicados a obra. Aos pastores que insistissem em ter filhos biológicos, seriam permitidos no máximo dois filhos, nenhum a mais.

Uma esposa de pastor contou a nossa equipe de redação sobre sua experiência pessoal com as regras impostas pela igreja.

“Nós não temos filhos porque nos obrigaram a fazer vasectomia e eles obrigam até hoje. Saiu até uma reportagem falando disso esses dias”, confessou a mulher.

A Igreja Universal tem sofrido muitos ataques por parte de ex-pastores que decidiram se reunir de uma só vez. Eles lotam canais de protesto e revelam segredos da cúpula da igreja, levando a indignação parte de fiéis que conhecem situações difíceis.

Uma das situações que mais causaram danos a igreja que teve contribuição de um ex-bispo foi a denúncia das supostas adoções ilegais exibidas na emissora portuguesa TVI. O canal contou com o apoio do ex-Bispo Alfredo contando sobre como tudo era feito.

Alfredo foi Bispo em Portugal mas foi expulso da IURD por adultério e hoje vive como motorista de uber em Portugal e fazendo vídeos de denúncia contra a Universal. Às vezes a indignação pode ser a maior ferramenta contra alguém descontente e que sabe demais!