Vereador Moisemar Marinho se posiciona contra a discussão de ideologia de gêneros nas escolas

Moisemar, defendeu que a ideologia de gênero deve ser um tema para ser debatido em casa, junto à família, e não no ambiente escolar.

O vereador da Capital do Tocantins, Moisemar Marinho (PDT), usou a tribuna da Câmara de Palmas na manhã desta quarta-feira, 13, para se manifestar contrário ao tema ideologia de gêneros nas escolas do estado do Tocantins, que foi publicada no diário oficial do último dia, 11 no DOE.

A resolução trata do “Documento Curricular da Educação Infantil e do Ensino Fundamental, para todo Estado.

O documento, elaborado pelo Conselho Estadual de Educação do Tocantins, estabelece os conteúdos mínimos que deverão constar em todos os currículos escolares da Educação Infantil e do Ensino Fundamental nas escolas públicas e privadas do Estado. Em seu conteúdo, a Resolução faz menção a gênero e orientação sexual, resgatando a tentativa de novamente implantar o ensino de Ideologia de Gênero nas escolas tocantinenses para crianças e adolescentes.

O documento diz em seu artigo 1º: “A presente Resolução aprova o Documento Curricular para o Território do Tocantins como documento de caráter normativo que apresenta um conjunto orgânico de procedimentos de aprendizagens necessárias, como direito dos estudantes da Educação Infantil e do Ensino Fundamental e orienta sua implementação nas diferentes instâncias dos Sistemas Municipal e Estadual, inclusive, às redes escolares pública e privada.”

Moisemar, defendeu que a ideologia de gênero deve ser um tema para ser debatido em casa, junto à família, e não no ambiente escolar. “O estado não pode interferir na vida familiar, este princípio é constitucional, quem tem que cuidar da vida dos filhos são os país, o estado não pode regulamentar se seu filho vai ser mulher ou homem”; pontou o vereador.

Etiquetas
Comentários
avatar
  Subscribe  
Notify of
Botão Voltar ao topo