Depois de Marco Feliciano e Eduardo Bolsonaro,Patrícia Lélis ataca pastor de Brasília

jornalista acusou pastor de desvio de doações

A jornalista Patrícia Lélis se envolveu em  mais uma polêmica e falou mal de seu antigo pastor.O pastor Jeová Aquino preside a igreja Batista Ebenézer em Taguatinga,em Brasília.Segundo a jornalista,o pastor vive pedindo doações para construção do templo próprio da igreja que nunca chegou a ser construído.A jornalista acusou o pastor de ter ficado rico ,enquanto a igreja ainda paga “aluguel caríssimo”,disse a jovem.

Ela publicou um texto no instagram e gerou polêmica com as informações:

“Boa parte da minha vida infelizmente frequentei a igreja batista Ebenezer ,em Brasília.Todo culto,o pastor Jeová pedia dinheiro para construir a nova sede.Isso era em 2007.Estamos em 2019,os fiéis doaram dinheiro.O pastor construiu uma mansão e a igreja ainda paga aluguel”,disse.

A publicação gerou uma série de comentários de seguidores ora concordando com Patrícia,ora discordando de suas palavras.

Uma internauta aproveitou a carona da jornalista e atacou o pastor:

“Eu era membro em 2000 e já pediam pra isso. Pr. Jeová é tipo um Deus para os membros, proibido qualquer crítica, vi muita coisa errada nessa igreja e por isso hoje não frequento nenhuma. Sou cristã, mas quero distância desse cristianismo vendido por aí”,alfinetou.

“Se eu for começar a falar dos absurdos que acontecia lá, com nomes e sobrenomes, certeza que o culto de terça seria até cancelado”,reforçou Patrícia.

O pastor por sua vez,não respondeu a moça,mesmo sendo considerado uma das maiores lideranças de Brasília.

Patrícia Lélis se denominava evangélica e em 2015 acusou o pastor Marco Feliciano de estupro.Promovendo um dos maiores escândalos do ano. O pastor foi acusado num processo que correu em segredo de justiça.O processo foi arquivado por falta de provas.Porém,o deputado abriu um novo processo por calúnia e difamação contra Patrícia,o qual a jovem que também concorreu a deputada federal neste ano,ficou sem saída. A jornalista também acusou de estupro o filho do presidente,o deputado Eduardo Bolsonaro,mas as acusações foram desmentidas por ele.

Etiquetas
Comentários
avatar
  Subscribe  
Notify of
Botão Voltar ao topo