As pastoras lésbicas, Lanna Holder e Rosania Rocha querem ter um filho mais médicos respondem imediatamente

As pastoras da Igreja para homossexuais Cidade Refúgio, Lanna Holder e Rosania Rocha, juntas há cerca de 18 anos, agora querem dar um passo ainda maior em seu relacionamento.

As pastoras da Igreja para homossexuais Cidade Refúgio, Lanna Holder e Rosania Rocha, juntas há cerca de 18 anos, agora querem dar um passo ainda maior em seu relacionamento.

Desde 2015, o casal sonha com a possibilidade de fazer uma inseminação artificial, para que tenham um filho “gerado” pelo próprio casal, mas com os compromissos com a igreja e a abertura de novas filiais, acabou forçando as pastoras a deixaram o plano em standby.

Fontes ligadas as pastoras, garantem que elas voltaram a pensar sobre o assunto e oram a Deus por um direcionamento.

Cada uma delas já tem um filho dos seus relacionamentos heteros, de quando eram casadas com um homem, respectivamente, mas com a idade avançando, sentem que precisam ter uma semente desse relacionamento, mesmo que seja via inseminação.

A decisão controversa, poderá gerar muita polêmica por parte dos evangélicos mais conservadores, sobretudo dos que acompanham a trajetória de Lanna, desde os tempos em que ela pregava no Gideões, e que era considerada o “Malafaia de saias”.

Por outro lado, quando for anunciada oficialmente, a notícia de que um casal de pastoras lésbicas decidiram que querem ter um filho, a mídia secular vai adorar, uma vez que esse tipo de notícia agrada bastante ao público.

Fonte: Ofuxico Gospel

Etiquetas
Comentários
avatar
  Subscribe  
Notify of
Botão Voltar ao topo