Missionária da igreja Assembleia de Deus cometeu suicídio por causa de fofoca na igreja

A missionária, era presidente e regente do grupo de irmãs da igreja Assembleia de Deus de Cuiabá e encerrou a vida cometendo suicídio na manhã neste domingo (11).

Pastora suicida em Cuiabá, e causa tristeza em todo Brasil.  *Versão de uma familiar no fim do post

A igreja deveria ser um lugar de refúgio e comunhão. No, entanto está se tornando templos de discórdias e fofocas. Tal discrepância entre o conceito do cristianismo dentro da Assembléia de Deus, levou uma missionária evangélica a cometer suicídio.
A missionária, era presidente e regente do grupo de irmãs da igreja Assembleia de Deus de Cuiabá e encerrou a vida cometendo suicídio na manhã neste domingo (11).

Segundo um áudio de uma irmã, que afirma ter conversado com a pastora frequentemente pelo WhatsApp, ela se matou na cozinha na beira da pia cortando carne. De acordo ainda com a gravação, ainda na semana passada, quando conversavam, a missionário confessou que não aguentava mais fofocas. Este teria sido o motivo que teria levado a evangélica tirar a própria vida.

O áudio ainda conta, que na Assembléia de Deus de Cuiabá, ela estaria realizando a festa do círculo de oração a qual era regente.
E as irmãs, que deveriam ser o pilar da igreja em oração, criaram contenda por conta de ” sapatilhas e roupas”. Elas não teriam gostado da proposta das vestimentas que se apresentariam na festa. Este caso tem se repetido em muitas igrejas.

Inclusive, o áudio ainda afirma, que além das contendas das irmãs, que lhe tiravam a paz, era o pastor da igreja que também a cobrava. As irmãs reclamavam para ele, e ele fazia cobranças dela, segundo o que as irmãs diziam.

” Ai ela pegou e falou bem assim: eu não aguento mais, tô a ponto de acabar com minha vida. A gente faz de tudo pelos irmão, a gente da a vida pela obra e eles não reconhecem. Estou disposta a se suicidar”, conta o áudio.

E realmente a evangélica acabou cumprindo o que falou neste domingo que se tornou fatídico para os membros da igreja.

Segundo a pastora que conta, ela e outra pastora amiga oraram por ela, mas mesmo assim ela acabou se matando.

Esta é a versão do áudio enviada ao site.

* No fim da tarde desta segunda (12), uma moça identificando como enteada da suposta missionária, ainda abatida com a tragédia, entrou em contato com o site.

* Segundo a moça, a qual a identidade será preservada, afirmou que as informações contidas no áudio são mentirosas.

*A morte da missionária não ocorreu neste domingo (11), mas sim na quarta (01/11). Ela não negou que a madrasta tenha cometido suicídio. Afirmou apenas que não foi da forma como relata o áudio, ” ela se matou na cozinha na beira da pia cortando carne”. Também não revelou como aconteceu. No entanto, contou que a esposa do seu pai, sofria de problemas psiquiátricos . Disse ainda que não era pastora ou missionária, mas sim regente do grupo das crianças.

FONTE: O BUXIXO GOSPEL

Etiquetas
Comentários
avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Sérgio Aparecido Dias Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Sérgio Aparecido Dias
Visitante
Sérgio Aparecido Dias

Se é certo que não era, nem “pastora” e nem “missionária” (nas palavras da enteada), porque mantiveram os títulos e as chamadas na Internet? Não teria sido bem melhor terem feito uma reportagem, ou pelo menos uma pesquisa mais séria com os dirigentes da Igreja, antes de publicar?

Botão Voltar ao topo