Pastora tira a sua própria vida após traição do seu marido e choca evangélicos

Os rumores de traição levaram a pastora a depressão.

Mais um caso de uma pastora suicida após suporta traição do seu marido, em três meses é o segundo caso de suicídio entre mulheres evangélicas.
Segundo o site conexão evangelho, Trata-se de uma pastora da Igreja Metodista Wesleyana que infelizmente decidiu tirar a própria vida. A pastora cometeu suicídio dentro de sua própria casa. Ela morreu por enforcamento.

Para se enforcar ela utilizou uma cortina da sala de sua casa. Especula-se que os motivos que levaram a pastora a tirar sua própria vida estão ligados a uma depressão. Segundo o site ‘Urupa Notícias’ ela teria supostamente descoberto uma traição de seu esposo.

A pastora foi identificada apenas pela primeira letra do seu nome para resguardar sua imagem. O portal se referiu a pastora como ‘Pastora S.’ e seu esposo foi identificado pelas iniciais G.P.

Ela sempre foi uma pastora muito amada e querida no mundo gospel. Acredita-se que ela tenha feito a descoberta da suposta traição há algum tempo antes de decidir por fim em sua própria vida. Pessoas próximas afirmavam que ela tentou manter as aparências como se estivesse vivendo um bom casamento. A ideia dela era evitar um escândalo no meio gospel.

A suposta amante seria uma pessoa que também era membro da própria igreja e isso teria deixado a pastora ainda mais triste e depressiva.

A pastora deixou 3 filhos para trás. Ela era uma grande referência e todos alegam que ela estava sempre disposta a ajudar a todos que se achegassem a ela. A pastora também era uma grande mãe e esposa dedicada e atenciosa com todos.

Comoção na web
O suicídio da pastora rendeu muito assunto nas redes sociais. Muitos admiradores usaram a web para prestar uma última homenagem e dar um último adeus a ela. Fiéis comentavam que a mulher era realmente um vaso usado por Deus. Muitas pessoas questionaram como alguém que demonstrava tamanha fé tenha tomado tal atitude. Muitas pessoas acreditaram mesmo que ela havia sido traída. O clima entre as pessoas mais próximas era de total revolta.

Prevenção ao suicídio
Se você está passando por momentos difíceis saiba que você tem alguém para te escutar sempre que precisar. Você pode fazer a ligação gratuitamente através do número 188. Alguém do Centro de Valorização da Vida (CVV) irá conversar com você.

E você, o que pensa a respeito de todo esse assunto? Lembre-se de deixar o seu comentário. Sua opinião é de muita importância para a nossa equipe e sempre ajuda no diálogo.

Etiquetas
Comentários
avatar
2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
Rodrigo MartinsAnonimo Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Anonimo
Visitante
Anonimo

A igreja Metodista Wesleyana, não reconhecem mulheres como pastora. Não Há pastoras Wesleyana.!!!!

Rodrigo Martins
Visitante
Rodrigo Martins

Nunca foi cristã de verdade nunca passou luta pois se entrega na primeira e outra famoso e jesus não ela lamento mais não tenho dó

Botão Voltar ao topo