Vídeo de Juiz Sérgio Moro tomando cerveja e cantando com Fagner viraliza na web

Um vídeo do Juiz Sérgio Moro tem dado o que falar nas redes sociais.Pelo menos para a ala gospel.No vídeo,o distinto juiz bebe sua cervejinha enquanto o cantor Fagner canta “borbulhas de amor” ao lado do amigo.Moro fica tão feliz em ouvir a música sendo cantada que diferentemente da postura séria e rígida que apresenta nos julgamentos,ele pede uma rodada de cerveja gratuita pra todo mundo.

O vídeo é divertido,se não fosse pelo fato do juiz ser apontado por muitos com evangélico.Sérgio Moro sempre deu testemunho de sua integridade observada em seus julgamentos.Porém,ninguém ainda decifrou esse enigma sobre a fé de Moro.Sérgio Moro que já foi apontado como um dos 100 homens mas influentes do mundo,foi apontado como um dos cristãos presentes na lista.Contudo,cristão engloba católicos e espíritas além de evangélicos.Então no fim das contas ,só o próprio juiz é que pode decifrar essa questão.

Muitos pela internet a fora já apontaram o juiz como membro pertencente a Igreja batista.Entretanto,em entrevistas,a mãe de Moro afirmou que ele é um católico praticante.

Mas ninguém consegue nem fuxicar a vida do juiz.Ele ocultou seus perfis da internet por conta da sua vertiginosa fama.Mas em um que foi descoberto,Moro não usava foto sua e sim a de um juiz protestante.O juiz britânico Willia Erle,viveu no século 18 e ganhou notoriedade por ser muito conservador,além de no tempo que a Inglaterra vivia,ter pregado a separação completa da nação para com a Igreja Católica.

Porém,todos podem concordar em uma coisa: evangélico ou não,Sérgio Moro tem sido usado como a mão de Deus para abater os terríveis principados de corrupção que existem no Brasil.Prova disso é que tivemos dois ex-presidentes na cadeia recentemente,por corrupção.Ex-governadores presos e figurões da política que nunca poderíamos imaginar foram parar atrás das grades graças as canetadas de Moro.