Daciolo avisou mais eles não acreditaram e o final foi muito trágico

Áudios e vídeos circulam no WhatsApp mostrando o pastor Agnaldo Muniz, falecido no dia 1º de abril, recebendo uma profecia que ordenava para ele deixar a política, pois Deus não queria que ele voltasse para esse segmento.

pastor era presente da UMADERON (União da Mocidade das Assembleias de Deus do Estado de Rondônia) e faleceu em um acidente de carro. Segundo essas mensagens na rede social, dentro do carro teriam papéis da filiação do pastor ao MDB.

“Deus está dizendo: Eu sou o Senhor que tenho tinta na minha caneta, estou escrevendo uma nova história de um povo que será crescido por ti e este povo se multiplicará e eu te honrarei. Você foi para um caminho, mas eu estou te dando outro caminho. Não adianta você correr, porque eu te chamei para ser pastor e hoje o papel que te machucou e tirou o seu sono, não vai tirar mais porque hoje Deus está prescrevendo este papel”, disse o pregador.

pregador toca nele e diz: “Eu vou te colocar em um campo e este campo é meu, eu te digo saia da política, vai para minha obra porque a seara é grande e eu te chamei para ser o ceifeiro. Você me pediu uma resposta e serei o seu advogado, o seu juiz e seu desembargador”.

A mensagem diz que ele foi avisado para não voltar a política, mas desobedeceu a Deus. Já no áudio, o mesmo pregador que ministrava na UMADERON anuncia que Deus iria levar alguém daquela comunidade, mas seria para Glória do nome dEle.