Capital amanhece debaixo de fortes rajadas de vento com poeira

Os moradores de Palmas foram surpreendidos na manhã desta terça-feira, 06, com as fortes rajadas de ventos que atingiram vários pontos da Capital. De acordo com a Superintendência da Defesa Civil de Palmas, a maior velocidade do vento registrado hoje foi de 43,92 k/h, com rajadas de vento chegando a 78,84 km/h, dificultando o trânsito e a visibilidade dos motoristas.

 

Na Rodovia T0-050 com a Avenida L0-19, sentido Norte/Sul, uma árvore caiu interditando parcialmente a pista, próximo ao posto Petrolíder. No local, três agentes da equipe da Fiscalização de Trânsito realizaram o controle do tráfego  e  o trânsito foi desviado para Marginal Oeste.

 

Enquanto isso, no cruzamento da Avenida Teotônio Segurado com a Avenida L0-03, o vento derrubou o semáforo e a equipe de Fiscalização de Trânsito fez  o controle da via.

 

No centro comercial de Palmas, um outdoor ficou retorcido pelas rajadas de vento, e em outro ponto da Capital, um outdoor caiu sobre uma edificação. Já na Avenida Jk, a  fachada de uma loja foi arrancada pela ventania.

 

Cuidados redobrados

 

Na Capital, nos meses de julho e agosto, é comum a intensidade dos ventos somado a isso ainda tem a poeira, causando prejuízos materiais para moradores e problemas no trânsito, com isso os condutores e pedestres devem  redobrar os  cuidados  no trânsito nessa época.

 

De acordo com a superintendente de Trânsito e Transporte da Secretaria Municipal de Segurança e Mobilidade Urbana (Sesmu), Valeria Oliveira, o impacto das rajadas de vento não é diretamente sobre os veículos, mas afeta diretamente na segurança viária. “Deve-se transitar em velocidade apropriada, pois caso ocorra alguma eventualidade o condutor terá tempo para antecipar suas reações”, disse.

 

A Secretaria Municipal de Segurança e Mobilidade Urbana (Sesmu) alerta os condutores e dá algumas dicas de como agir no trânsito em casos de rajadas de vento e poeira:

 

– Com as fortes ventanias os condutores devem transitar em velocidade apropriada da via, a exemplo dos motociclistas e ciclistas que ficam vulneráveis  a objetos  voadores tais  como sacolas plásticas, papelão, ou  outro objeto que possam atingi-los e prejudicar a visão;

 

– Ao entrar na rotatória o condutor deve ficar atento com a quantidade de areia na via trazida pelos ventos.  Trafegar em baixa velocidade ajuda bastante, evitando assim que o veículo possa derrapar e ocasionar alguma colisão;

 

– Ao fazer uma ultrapassagem por ciclistas e motociclistas, o condutor deve passar em baixa velocidade para não interferir na condução destes, pois o vento forte e a poeira podem dificultar a visão e interferir na segurança de ambos.

Etiquetas
Comentários
avatar
  Subscribe  
Notify of
Botão Voltar ao topo