Com previsão de conclusão em sete meses, empresa inicia obra de ampliação e reforma do CSC de Taquaruçu

Redação Semus

30/09/2019 – Prefeita assina ordem de serviço para ampliação e reforma do Posto de Saúde de Taquaruçu.Palmas – TO
Foto: Edu Fortes
Palmas – TO
Foto: Edu Fortes

Mais de R$ 1,1 milhão serão investidos na obra de ampliação e reforma do Centro de Saúde da Comunidade Walter Pereira Morato, localizado no distrito de Taquaruçu. A ordem de serviço foi assinada pela prefeita Cinthia Ribeiro na manhã desta segunda, 30, na própria unidade com a presença do secretário de Saúde, Daniel Borini, vereadores, autoridades, trabalhadores do Sistema Único de Saúde e comunidade local.

 

Boa parte dos recursos para a obra são oriundos de emendas parlamentares, sendo R$ 512 mil do deputado federal,  Carlos Gaguim e R$ 600 mil do vereador Major Negreiros; mais R$ 57 mil de contrapartida do Município. O vereador Marilon Barbosa destinou R$ 400 mil para aquisição de equipamentos para unidade.

 

A empresa responsável pela execução dos serviços é a Hikari Construções Ltda que assumiu o compromisso de contratar mão de obra local. “Hoje mesmo já iniciamos os trabalhos e em sete meses entregamos o novo prédio, para então darmos início à reforma da antiga estrutura que serão mais dois meses”, informou o representante da empresa Hiromu Kawamura Netto.

 

O secretário Daniel Borini destacou que o início da obra é um marco histórico para a gestão. “Porque a partir desta obra teremos um renovo para fazer aquilo que de fato a população quer de nós, que é fazer uma saúde de qualidade para a cidade. Além dessa obra, que já começa hoje, temos outras na área de saúde já sendo licitadas”, disse, pontuando a Casa de Parto Normal, os Centros de Atenção Psicossocial II e Infantil, entre outras.

 

A prefeita Cinthia concordou que o momento é um marco e que o foco é trabalhar para levar benefícios à população palmense. “Hoje nós estamos aqui com a construtora assinando a ordem de serviço e já começando os trabalhos. A obra toda vai ser feita por módulos justamente para que não haja descontinuidade dos serviços de saúde prestados à população local. Enquanto a obra do novo prédio acontece aqui, os atendimentos continuam no prédio antigo, e tão logo, termine aqui, o atendimento vem para cá, e aí iniciamos a reforma da estrutura antiga”, explicou a prefeita.

 

Cinthia destacou que a gestão tem se pautado em otimizar recursos. “Nosso foco é fazer gestão, fazer mais com menos, dentro da legalidade, com transparência e respeito à população”, completou.

 

 

Mais emendas

 

 

Em sua fala, o vereador Major Negreiros conclamou os demais vereadores presentes a destinar mais emendas para o Distrito de Taquaruçu no sentido de viabilizar em breve o tão sonhado complexo de saúde atendendo as demandas de urgência e emergência. “Tem oito anos que estou na Câmara como vereador e desde o primeiro dia luto para fazer essa reforma e ampliação; acompanhando a elaboração do projeto, todo o trâmite de aprovação, e posso dizer, que essa obra é a realização de um sonho que vem na hora certa em que temos uma gestão sensível às necessidades do povo”, destacou.

 

 

O presidente da Câmara Municipal de Palmas, Marilon Barbosa, falou que a reforma e ampliação da unidade tem um significado muito grande para o povo de Taquaruçu. “Mostra o quanto esta gestão é receptiva, ouve a população e se dispõe a fazer melhorias. Juntos vamos caminhar em prol de projetos que resultarão na qualidade de vida dos moradores palmenses”, concluiu.

 

 

A coordenadora do CSC Walter Pereira Morato, Valda Lopes da Fonseca, trabalha há 28 anos na unidade e sabe bem os anseios dos moradores por uma estrutura melhor. “O atendimento aqui já 24 horas porque a distância daqui para uma unidade de urgência e emergência no centro da cidade é muito grande. Então se conseguirmos ter esse complexo de saúde vai ser muito bom para atender as demandas de urgência e emergência e evitar esse deslocamento grande”, disse, ressaltando que enquanto trabalhadora do SUS, a obra é também um sonho que está prestes a se tornar realidade.

 

 

Estrutura

 

 

Serão 389 m² de área construída (utilizando o sistema construtivo em concreto pré-moldado) e 479 m² de área reformada contabilizando um total de 868 m². O novo bloco de atendimento aos usuários contará com consultório odontológico, consultório ginecológico, dois consultórios diferenciados, sala de observação e sala de pequenos procedimentos, sala de vacinas, acolhimento e recepção. Todos perfeitamente adequados às normas técnicas atuais de construção em saúde.

 

 

Já a reforma do prédio atual, que atenderá toda a parte técnica e logística da unidade, contará com sala para farmácia, espaço para ambulância, quarto para repouso, sala de agentes de saúde, administração, sala de esterilização, almoxarifado e um espaço multiuso amplo que permitirá a realização de eventos de promoção e educação em saúde.

 

 

Edição e postagem: Lorena Karlla

Etiquetas
Comentários
avatar
  Subscribe  
Notify of
Botão Voltar ao topo