Heloísa Wolf, mulher de filho de Bolsonaro, diz que jornalista ‘responderá na Justiça’

A psicóloga Heloísa Wolf, casada com o deputado federal Eduardo Bolsonaro, disse em 1 post no Instagram que vai entrar na justiça contra o jornalista que escreveu reportagem sobre ela publicada nesta 6ª feira (13.set.2019) na revista Época.

Assinado pelo jornalista João Paulo Saconi, o texto da revista Época carrega o título “O coaching on-line de Heloisa Bolsonaro: As lições que podem ajudar Eduardo a ser embaixador” e descreve sessões de orientação pessoal e profissional em curso oferecido por Heloísa. O jornalista narra a experiência de vivenciar 5 sessões de coach com Heloísa Wolf via webcam, de 1h30 cada.

 

REAÇÕES

Heloisa Wolf respondeu à reportagem nesta 6ª feira, após a publicação. Pela rede social Instagram, anunciou que o jornalista “responderá na justiça” e disse que pressupunha que o sigilo das sessões seria respeitado: “Nosso contato foi estritamente profissional, o que pressupõe, no mínimo, o sigilo e a boa fé”.

A postagem inclui uma série de capturas de tela com mensagens a respeito da reportagem (Leia, ao final desta reportagem, a transcrição da manifestação de Heloisa Wolf).

O presidente Jair Bolsonaro também respondeu. Postou em sua conta no Twitter 1 comentário crítico sobre a reportagem em questão. Em postagem intitulada “Imprensa sem limites”, o presidente afirma que “sem se identificar, o jornalista João Paulo Saconi, Época/Globo, se passou por gay e fez sessões com minha nora Heloísa e gravou tudo. O deveria ficar apenas entre os dois, por questão de ética, agora vem a público.”

Com informações poder360.