Obras do Colégio Estadual Nossa Senhora da Providência seguem com previsão de entrega para início do ano letivo

Inicialmente, a unidade passaria por reforma na parte elétrica, troca de transformador e reparo do telhado, mas o projeto foi readequado para reforma total

Cláudio Paixão/Governo do Tocantins

Após readequação no projeto de reforma, cerca de 60% das obras do Colégio Estadual Nossa Senhora da Providência já foram executadas. Para acompanhar de perto o trabalho que está sendo executado na unidade de ensino, a Secretária de Estado da Educação, Juventude e Esportes, Adriana Aguiar, esteve no município de Miranorte nesta sexta-feira, 1º de novembro.

Inicialmente, a unidade escolar passaria por uma reforma na parte elétrica, troca de transformador e reparo do telhado. Porém, o projeto inicial passou por readequações com o objetivo de que a reforma se estenda a toda a estrutura da escola, incluindo a readequação de espaços, mudança no paisagismo e pintura.

“Entendemos que para melhor atendermos aos alunos, garantindo um ambiente mais acolhedor e seguro, precisávamos fazer uma reforma maior. Estamos atendendo a uma demanda de mais de dez anos, e ver o resultado desse trabalho é muito estimulante”, ressaltou Adriana Aguiar.

O prefeito do município, Antônio Carlos Martins, destacou a importância da parceria com a Educação. “Estamos recebendo do Governo a reforma dessa escola e de uma escola de tempo integral. São obras muito esperadas pela população e que com certeza trazem muito ganho para a comunidade, especialmente para os nossos jovens”, pontuou.

Expectativa

Prestes a completar 42 anos de inauguração, em 12 de janeiro, essa é a segunda grande reforma realizada no Colégio Estadual Nossa Senhora da Providência. Reforma que de acordo com a assistente administrativa da unidade de ensino, Rosivam Monteiro Correia Matos, tem sido muito esperada pelos alunos.

“Estamos muito confiantes com essas obras. Começar as aulas aqui em 2020 vai ser a realização de um sonho. Os alunos procuram a escola, ligam para saber como está o andamento das obras. É uma unidade de ensino muito importante para a nossa comunidade”, ressaltou a assistente administrativa que está há 25 anos na rede estadual de ensino, cinco no Nossa Senhora da Providência.

Atualmente, os 633 alunos do Colégio Estadual Nossa Senhora da Providência estão realocados em duas escolas parceiras, o Centro de Ensino Médio (CEM) Rui Brasil e a Escola Municipal Antônio Pereira de Sousa. A escola oferta os anos finais do ensino fundamental regular (6º ao 8º ano). A previsão é de que esses alunos possam retornar para a unidade de ensino no início do próximo ano letivo.

Fotos: Elias Oliveira/Governo do Tocantins

Etiquetas
Comentários
avatar
  Subscribe  
Notify of
Botão Voltar ao topo