Ator de “Star Wars”, diz que seu maior patrimônio é a fé em Deus; confira

Actor John Boyega attending a special screening of Pacific Rim Uprising, London. Thursday March 15, 2018

Um papel na famosa franquia do cinema Star Wars (Guerra nas Estrelas) lançou o cristão John Boyega no centro das atenções de Hollywood. Apesar disso, o ator diz que seu patrimônio financeiro não é a coisa mais importante em sua vida, mas o relacionamento dele com Deus, que vem primeiro.

John Boyega representa o personagem Finn nos filmes de Guerra nas Estrelas “O despertar da força” e “O último Jedi”. Mas a celebridade insiste que a fama instantânea não mudou muito sobre ele.

O patrimônio líquido de John Boyega, pelo menos pelos padrões normais, certamente disparou ao fazer parte de uma das franquias de cinema mais bem-sucedidas da história. Mas John, que é filho de um pregador, afirma que conhece a verdadeira fonte de seu valor e identidade, que é Jesus Cristo.

Tornar-se uma estrela da noite para o dia pode parecer um sonho que virou realidade e conseguir um papel de liderança em um filme tão bem-sucedido quanto Star Wars é uma grande mudança na carreira de um ator como John Boyega.

Para muitos, a fortuna e a fama têm um preço. Até o diretor J.J. Abrams recomenda cautela para quem ingressa no reino de Guerra nas Estrelas.

“Isso não é parte do filme”, ​​alertou Daisy Ridley, que trabalha ao lado de John Boyega em Star Wars. “[Star Wars] é uma religião para as pessoas. Isso muda as coisas em um nível inconcebível”.

Educação cristã

A educação cristã de John Boyega lhe deu a base para poder evitar as armadilhas de Hollywood.

“Eu não bebo”, explicou a celebridade cristã. “Fui criado apenas por pais que nunca beberam. É mais difícil se você é uma grande festa antes de se tornar famoso, porque quando a fama chegar, você não quer deixar isso para trás.”

John Boyega e seus dois irmãos, Blessing e Grace, cresceram em Londres com seus pais imigrantes nigerianos. E como ministro pentecostal, o pai de John, Samson Adegboyega, ensinou aos filhos que Jesus estava acima de tudo.

De fato, um dos professores de teatro de John compartilhou que não ficou claro por um tempo se seus pais dariam a bênção ao filho para seguir uma carreira de ator.

“Seu pai era pregador e ele queria que ele também fosse pregador”, explicou ela.

Quando John Boyega tinha cerca de 12 ou 13 anos, o professor conversou com os pais de John sobre o talento dado por Deus para atuar.

“Enquanto John permanecia sem problemas, eles eram muito felizes”, disse ela. “E enquanto John seguia em frente, seu pai começou a pensar que havia alguma sabedoria nisso”.

E, na verdade, crescendo em uma parte difícil de Londres, atuar serviu para ajudar a manter John longe de problemas.

“Você nunca via John na rua ou andando com gangues”, disse Daniel Ross, um vizinho e amigo de infância. “Eu só o vi na igreja ou na escola de teatro.”

Foco

Anos depois, a carreira de ator de John Boyega está em alta. Ele estava na lista dos atores com maior bilheteria da Forbes em 2017, após o lançamento de “O último Jedi”.

John não se apega à sua fama e fortuna. Ele se concentra nos frutos do Espírito modelado pelo próprio Jesus.

“Eu venho de uma família que tem forte fé”, diz o ator. “Você percebe que esta vida é passageira e que a paz interior é a coisa mais importante, e meu caminho é definitivamente a oração e eu medito também. Dinheiro e fama não são tão poderosos para mim a ponto de mudar minha personalidade.”

John Boyega conta que começa e termina seu dia lendo as Escrituras e a fazendo orações.

“Foi assim que fui criado”, disse ele.

Assim como a celebridade cristã Letitia Wright, do filme Pantera Negra da Marvel, John Boyega não tem medo de falar sobre sua fé.

Etiquetas
Comentários
avatar
  Subscribe  
Notify of
Botão Voltar ao topo