Vaticano excomunga três pessoas da igreja por terem acusado o papa de heresia; confira

Stephen de Kerdrel, Colette Roberts e Damon Kelly são de um grupo ultraconservador da Escócia

O Vaticano excomungou três pessoas da Igreja por terem acusado o papa Francisco de heresia. Os padres Stephen de Kerdrel, Damon Kelly e a irmã Colette Roberts são eremitas que vivem na ilha de Orkney, com 600 habitantes no norte da Escócia e pertencem ao grupo ultraconservador The Black Hermits” (Os Eremitas Negros), fundado 1999. A informação foi revelada pelo site católico britânico The Tablet.

Os eremitas são signatários de uma carta aberta datada em abril de 2019, que acusa o pontífice ter “transformado inexoravelmente a Igreja em uma falsa Igreja” e condena o papa de “dar declarações e ensinar de uma forma que demonstre ser um grande herege.”

Com a excomunhão, eles não podem mais receber os sacramentos católicos nem participar da vida eclesiástica.

O papa Francisco tem sido alvo constante da ala extrema-direita do Vaticano ao longo do seu pontificado. Os ataques são reações aos documentos publicados e declarações reformistas não só em relação à postura do fiel católico, mas à própria Cúria Romana.

 

Os inimigos são majoritariamente ligados ao clero dos Estados Unidos, mas há adeptos na Itália, em países do leste europeu e na América Latina. Em setembro do ano passado, o pontífice chegou a afirmar em entrevista, que “reza para que não haja um cisma na Igreja Católica, mas que não teme que ocorra algum”.

Com informações veja.

Etiquetas
Comentários
avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
PAULO Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
PAULO
Visitante
PAULO

Esse PAPA nem padre é… sempre foi um AGENTE COMUNISTA, tem foto dele com vários revolucionários desde os anos 70 e hoje ele recebe até o embaixador do Diabo: GEORGE SOROS!!

Botão Voltar ao topo