Vice-governador Wanderlei Barbosa prestigia entrega de Título de Cidadão Portuense a Joseph Madeira

 

Elisângela Silva/Governo do Tocantins

A emoção marcou a entrega do Título Honorífico de Cidadão Portuense ao presidente da Associação Comercial e Industrial de Palmas (ACIPA), Joseph Madeira, na noite desta segunda-feira, 27. Para uma plateia de mais de 500 pessoas, no Auditório Vicentão, na Orla de Porto Nacional, autoridades políticas, amigos e familiares do homenageado, falaram sobre sua trajetória, inclusive, com a cidade. O vice-governador Wanderlei Barbosa prestigiou o evento.

Para Wanderlei Barbosa um título de cidadania é baseado no trabalho prestado, por isso, é valioso para quem recebe. “Joseph prestou um serviço relevante para a cidade, há muitos anos, hoje como empresário e gerador de empregos, trazendo benefícios para a sociedade portuense, recebe esse reconhecimento do povo de Porto Nacional, através da Câmara Municipal. Parabenizo-o pela justa homenagem”, frisou.

A honraria é o reconhecimento da cidade aos serviços prestados e também pelo destaque do empresário no incentivo ao empreendedorismo na sociedade portuense. A iniciativa é do vereador Francisco Sebastião da Silva – o professor Sebastião.

“Se fosse permitido dizer apenas uma palavra para resumir esta noite seria: gratidão. Gratidão a Deus pela vida, pela família, pelo trabalho. Aqui se chancela minha história e minha conexão com Porto Nacional, que começou em 1994, passou pelo período em que eu atuei aqui na Assessoria da Prefeitura, e continua até hoje com os empregos que geramos com o Grupo Jorima e com o incentivo ao empreendedorismo via Acipa”, disse.

Para Madeira, a honraria traz consigo uma grande responsabilidade: de estar cada vez mais conectado a Porto Nacional. “Hoje pelas bênçãos de Deus eu vivo um momento de profunda alegria. Gosto muito de valores culturais, da família e Porto Nacional é um berço histórico e cultural do Tocantins e considerando o respeito que tenho pelo título, aumenta minha responsabilidade com a cidade”, destacou.

(Com informações da Acipa)