Armas e munições poderão ser vendidas para agentes de segurança sem ICMS

É da autoria do deputado estadual Olyntho (PSDB) o projeto de lei que estabelece a isenção do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), na aquisição de armas de fogo e munições aos agentes de segurança pública, ativos, inativos e da reserva, assim também os atiradores esportivos, colecionadores e produtores rurais devidamente regulamentados.

O projeto apresentado nesta quarta-feira, 12, visa garantir que agentes da Segurança Pública, militares das Forças Armadas, atiradores esportivos e colecionadores possam adquirir armas de fogo e munições com isenção. A isenção inclui policiais militares; policiais civis; agentes de Segurança Penitenciária; agentes do Sistema Socioeducativo; agentes da Agência Brasileira de Inteligência; policiais federais; Polícia Rodoviária Federal; militares das Forças Armadas e Guardas Civis Municipais. Ficam também isentos os caçadores, atiradores, colecionadores e produtores rurais devidamente registrados nos órgãos competentes.

O parlamentar justifica que os profissionais da segurança pública têm como instrumento de trabalho a arma de fogo, sendo está um dos dez produtos com maior carga tributária do País.

“Essa Lei irá isentar o ICMS na aquisição de armamentos e de munições para agentes das nossas forças de segurança pública, polícia civil, militar e também os atiradores desportivos. Esse é um gesto de respeito e de fortalecimento com a segurança pública do nosso Estado”, frisou.

Esse projeto de Lei será apensado as proposituras já apresentadas na Casa de Leis por outros colegas.

Etiquetas
Comentários
avatar
  Subscribe  
Notify of
Botão Voltar ao topo