Polícia Militar divulga balanço da Operação Carnaval 2020

Em um dos carnavais mais movimentados dos últimos anos, principalmente nas maiores cidades do Estado, o número de ocorrências se manteve estável.

Luana Barros/Governo do Tocantins

A Polícia Militar do Tocantins divulgou na manhã desta quinta-feira, 27, o balanço da Operação Carnaval 2020, desencadeada em todo Estado no período de 21 a 25 de fevereiro. O saldo foi considerado positivo, tendo em vista a redução na maioria das ocorrências de vulto. A ação mobilizou 1636 policiais militares somente nos locais de evento durante o período, sem contar com o serviço ordinário que se manteve normal. A Operação foi supervisionada pelo coronel Márcio Antônio Barbosa de Mendonça, chefe do estado maior da Polícia Militar.

Durante a operação foram desenvolvidas ações de Policiamento a pé, motorizado e embarcado. Além de blitz, abordagens a pessoas a pé e em veículos, e policiamento através de videomonitoramento. O Centro Integrado de Operações Aéreas – CIOPAER esteve a postos durante o período do carnaval para atender as ocorrências policiais e de resgate. Atuou principalmente na cidade de Gurupi, em virtude da maior concentração de pessoas, com incursões urbanas e na zona rural.

Durante os cinco dias de operação a Polícia Militar realizou 33 prisões, apreendeu três armas de fogo e 10 armas brancas. Foram apreendidos cerca de cinco quilos de entorpecentes em seis casos relacionados ao tráfico de drogas. Este ano a PM registrou uma redução de 12% no número de acionamentos de ocorrências, sendo 778 em 2019 e 685 em 2020.

Apesar de registrar um número maior de homicídios nos dias de folia, sendo cinco neste ano e dois em 2019, o número de tentativas de homicídio teve uma redução de mais de 30%, sendo registradas 12 em 2019 e somente oito em 2020. Mesmo fato destacado no número de lesões corporais com uma redução de 18%. Outro ponto de destaque é o quadro de violência contra a mulher, tendo 46 acionamentos durante o período do carnaval em todo estado, 23% a menos que ano passado.

A PM abordou 2.786 veículos no período carnavalesco em todo Tocantins, sendo 43 veículos apreendidos e removidos por crime/infração de trânsito. As equipes policiais aplicaram 792 infrações de trânsito e registraram 34 crimes de trânsito. Foram realizados 132 testes com o etilômetro, e 20 recusas ao mesmo teste. O reflexo dessas ações de fiscalização aos motoristas sob efeito de álcool foi a ausência de registro de acidentes de trânsito com vítima no período. Apenas uma colisão sem vítima foi registrada na Rodovia TO 080.

Para o chefe do estado maior, coronel Barbosa, o saldo positivo da operação é resultado de um planejamento estratégico desenvolvido especialmente para o período carnavalesco, que contou com o empenho de todas as unidades operacionais, das equipes especializadas, das demais forças de segurança, além do comprometimento do governo do Estado.

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Jaizon Veras Barbosa, também destacou o esforço conjunto para o bom resultado da operação: “Agradeço a cada policial militar que se dedicou no cumprimento da missão, e aos demais profissionais das diversas áreas que somaram esforços para que a população de nosso estado pudesse usufruir de um período carnavalesco com mais segurança e tranquilidade. Podemos dizer que apesar do registro de algumas ocorrências mais graves, o Tocantins continua tendo um dos carnavais mais seguros do país”.

Crédito das fotos: Paulo Versiani.

Etiquetas
Comentários
avatar
  Subscribe  
Notify of
Botão Voltar ao topo