Por conta do Coronavírus, Valdemar Júnior apresenta PL que proíbe corte de energia e água

O deputado estadual Valdemar Júnior (MDB), preocupado com a situação econômica, financeira e social em que vive o estado do Tocantins, o que não é diferente do resto do País e do mundo, no que diz respeito à pandemia do Coronavírus (Covid-19), bem como, suas consequências e os impactos negativos causados por este vírus, deu entrada na tarde desta quarta-feira, dia 18, na Assembleia Legislava, ao Projeto de Lei que proíbe o corte no fornecimento de energia elétrica e de água com menos de 90 dias de atraso no pagamento.

Segundo o parlamentar, a preocupação se deve principalmente, ao avanço da pandemia do Coronavírus e seus impactos negativos para a população. “Ao que tudo indica, teremos de fato grandes impactos negativos por conta desse vírus. A sociedade sofrerá, não só na saúde, como também, principalmente na economia. A situação tende a se agravar cada vez mais. Portanto, precisamos ajudar a todos que serão atingidos, principalmente a população de baixa renda, que deve ser a mais afetada, com toda essa problemática que o mundo vem enfrentando”, observou.

Valdemar reforça que, além de ser uma questão de saúde pública, o fornecimento dos serviços de água e energia são essenciais a vida do cidadão, e que por isso, apresentou a propositura, para evitar que possa ocorrer a suspensão do fornecimento destes serviços. “Esse projeto pretende dar um prazo maior, para que o consumidor tocantinense, principalmente o de baixa renda, que é o que mais sofre, possa pagar o seu débito que está em atraso e ter direito o acesso a água e a energia elétrica, que são uns dos principais direitos fundamentais para a dignidade e sobrevivência do ser humano, destaca o deputado.