Governador Carlesse cria Câmara Técnica para analisar o desdobramento da pandemia da Covid-19 no Tocantins 

 
Jesuino Santana Jr./Governo do Tocantins
 

O governador do Tocantins, Mauro Carlesse, decretou nessa segunda-feira, 6, a formação da Câmara Técnica de Apoio ao Comitê de Crise para a Prevenção, Monitoramento e Controle da Covid-19, causada pelo novo Coronavírus. O objetivo é analisar o desdobramento do cenário de pandemia, compartilhar resultados de estudos e oferecer soluções a partir de uma abordagem científica e tecnológica.

A câmara será composta por profissionais técnicos especializados, pesquisadores e cientistas das áreas de saúde e de políticas públicas do Governo e também dos demais órgãos e poderes que integram o Comitê.

Do Poder Executivo Estadual haverá indicação de agentes públicos que trabalham na Secretaria de Estado da Saúde (SES); na Universidade Estadual do Tocantins (Unitins); e na Fundação de Apoio à Pesquisa do Tocantins (Fapt).

Desde que a Organização Mundial da Saúde (OMS) decretou a pandemia, em 11 de março, o governador Mauro Carlesse já executou diversas ações de prevenção e combate à Covid-19. Entre elas está a declaração do estado de calamidade pública, o adiantamento das férias escolares, restrições da quantidade de passageiros em veículos de transportes e o fechamento de parques estaduais.

Alteração

O Decreto nº 6.080, publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) dessa segunda-feira, 6, também alterou a escolha  dos representantes do Poder Executivo Estadual  para composição do Comitê de Crise para a Prevenção, Monitoramento e Controle do novo Coronavírus.

Além da SES; da Secretaria de Estado da Comunicação (Secom); da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc); do Corpo de Bombeiros Militar (CBM/TO); e da Polícia Militar (PM/TO); também foram inclusos os seguintes órgãos: Casa Civil; Procuradoria-Geral do Estado (PGE); e Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP).

O Comitê foi criado por meio do Decreto nº 6.064, de 12 de março de 2020, e visa formular estratégias, soluções e ações locais voltadas ao combate da disseminação da Covid-19, além de estabelecer efetivos meios de comunicação com os órgãos de saúde em todos os âmbitos e esferas,e com a sociedade local, garantindo níveis adequados de divulgação de informações seguras, verdadeiras e eficazes.

Além do Poder Executivo Estadual também integram o Comitê os seguintes Poderes/ órgãos: Assembleia Legislativa (AL/TO); Tribunal de Justiça (TJ/TO); Ministério Público Estadual (MPE); Tribunal de Contas do Estado (TCE); Defensoria Pública do Estado (DPE); Ministério Público Federal (MPF), por meio da Procuradoria da República no Tocantins (PR/TO); Polícia Federal (PF), por meio da Superintendência do Tocantins; Polícia Rodoviária Federal (PRF), por meio da Superintendência do Tocantins; Marinha do Brasil, por meio da Capitania Fluvial Araguaia Tocantins; Exército Brasileiro, por meio do Comando do 22º Batalhão de Infantaria – Tocantins; e a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero).