Novo decreto de Gurupi suspende funcionamento de igrejas por tempo indeterminado

A Prefeitura de Gurupi, na região sul do estado, publicou um novo decreto nesta quinta-feira (7) tornando as medidas de combate ao coronavírus mais rigorosas. Houve alteração no horário de funcionamento dos comércios e a proibição para funcionamento de igrejas.

Conforme boletim epidemiológico divulgado pelo próprio município nesta quarta-feira (6), a cidade tem 18 casos confirmados de Covid-19. Um deles se recuperou da doença. O uso de máscaras está sendo obrigatório na cidade desde o fim de abril.

O decreto Nº 581/2020 voltou a suspender o funcionamento das igrejas e templos religiosos por tempo indeterminado. O texto também altera o horário de funcionamento de diversos seguimentos comerciais. A medida passa a valer nesta sexta-feira (8).

Horários do comércio foram divididos:

Das 7h às 13h

Poderão funcionar lojas de roupas, cama, mesa e banho, além de comércios de tecidos, armarinhos, calçados, materiais de construção civil, produtos agropecuários e veterinários, revendedoras e concessionárias de veículos, máquinas pesadas, motos e bicicletas; auto peças e equipamentos (automotivos, máquinas pesadas, motos e bicicletas).

Das 13h às 19h

No período da tarde poderão funcionar lojas de móveis e eletrodomésticos, eletroeletrônicos e importados, barbearias e salões de beleza, lojas de cosméticos e perfumarias, óticas e joalherias, ferragens, brinquedos e utilidades, produtos de informática, serviços relacionados à tecnologia da informação e de processamento de dados, estrutura metálica e vidraçarias.

Outros estabelecimentos

As sorveterias e açaiterias poderão funcionar das 16h às 22h. Restaurantes deverão funcionar até no máximo 14h30, exceto àqueles localizados às margens da BR-153. As academias passarão a funcionar das 18h às 22h.

Conforme a prefeitura, os segmentos que não foram especificados no decreto permanecem com o horário de funcionamento atual.

Com informações G1 Tocantins.